POLÍTICA

Um dia de protestos contra o lockdown em São Paulo (veja o vídeo)

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

Após sucessivos lockdowns, os moradores de São Paulo foram às ruas protestar contra as medidas restritivas do governador João Doria (PSDB), que impede os cidadãos do estado de trabalhar. O protesto aconteceu durante toda a sexta-feira (5) e os manifestantes gritavam “palavras de ordem” e pediam aos motoristas que apoiassem a ação, buzinando. E foram atendidos.

De manhã, os caminhoneiros já haviam protestado contra o governador. Eles fecharam várias vias de acesso e reclamavam de estarem impedidos de trabalhar.

São Paulo entrou na fase vermelha, a mais rigorosa de todas, no sábado (6). A medida, segundo a gestão estadual, é necessária para conter o avanço do número de casos e mortes envolvendo a Covid-19. A restrição vai até o dia 19 de março.

Só estão permitidos de funcionar setores da saúde, transporte, imprensa, padarias, mercados e farmácias, escolas e atividades religiosas. Parques, academias, bares, museus e cinemas permanecerão fechados.

Confira o vídeo: