ARTE

Tenores, barítono e sopranos cantam a Carlos Gomes

Kohdo Tanaka, Ana Beatriz Machado, João Gabriel Bertolini, Marina Gabetta e José Luiz Águedo-Silva

 

Quinta-feira, dia 05, a partir das 19h30, uma noitada cultural reúne no Centro de Ciências, Letras e Artes (rua Bernardino de Campos, 989, Centro, tel. 3231-2567) o lançamento do livro “Construindo algo que possa ser meu”, do escritor Arnaldo Soares Caputo; em seguida, a vernissage na Galeria de Artes com a exposição “Flores e Cores para Carlos Gomes”, com pinturas produzidas pelo Grupo de Artistas Flor de Lótus, da professora e artista plástica, Marli Bonfante, e a curadoria de Marly Stracieri; e o recital da ABAL Campinas em homenagem a Carlos Gomes “Árias e Canções Gomesianas”, com os cantores líricos Kohdo Tanaka, tenor japonês internacional; as sopranos Ana Beatriz Machado e Marina Gabetta, o tenor João Gabriel Bertolini e o barítono José Luiz Águedo-Silva, tendo ao piano o prof. José Francisco da Costa (Chiquinho).

Neste concerto o público irá rever a soprano Ana Beatriz Machado, vencedora do Concurso Estímulo para Cantores Líricos como Melhor Voz Feminina em 2015, e do Concurso de Canto de Vinhedo, em 2018, tendo atuado na Europa de 2018 a 2019 na academia de ópera do Teatro del Maggio Musicale Fiorentino, em Florença, Itália; e também, o tenor japonês Kohdo Tanaka, chegado de Osaka para mais uma temporada de apresentações no Brasil. O repertório terá entre outras árias e canções “Mon bonheur”, “Sois de Flandres nossa boa estrela” – Joanna de Flandres, “Era un tramonto d’oro” – Colombo, “Vanto io pur”, Il Guarany, “Va codarda falange….” – Maria Tudor, “Realtá”, “La preghiera del orfano”, “O mio babbino caro” – Gianni Schicchi, “Je ris de me voir si belle” – Faust; “Come serenamente” e “O Ciel di Parahyba”, Lo Schiavo; “Ave Maria”, “Ah! se tu sei fra gli angeli” – Fosca, “Forma sublime, etérea”, – Salvator Rosa; e “Quem sabe?!”.