Pint of Science - boldrini
EVENTOS

Presidente do Boldrini participa do Pint of Science

Presidente do Boldrini participa do Pint of Science, evento que leva ciência a bares de Campinas

Dra. Silvia Brandalise falará sobre os perigos dos medicamentos desprovidos do Certificado de Eficácia e Segurança;

evento aberto e gratuito acontece no dia 20 de maio no Bar Lado B

Clique na imagem para fazer baixá-la em alta resolução.

A presidente do Centro Infantil Boldrini, Dra. Silvia Brandalise, é uma das convidadas da edição de 2019 do evento Pint of Science, que será realizado no próximo dia 20 de maio no Bar Lado B, em Barão Geraldo, em Campinas. O objetivo do evento é tirar pesquisadores e estudiosos das Universidades para tratar diretamente com a comunidade de assuntos de seu interesse, compartilhando suas descobertas em pubs, bares ou cafés locais. Nesta edição, que tem como tema Ciências x Desinformação, Dra. Silvia falará sobre os perigos dos medicamentos desprovidos do Certificado da Eficácia e Segurança fornecidos pela ciência.

A presidente do Centro Boldrini, hospital que é referência no tratamento de crianças e adolescentes com câncer ou doenças no sangue, convidará os participantes à uma importante reflexão tratando do uso de medicamentos sem eficácia e sem segurança comprovadas que acabam ameaçando a vida de portadores de câncer. Para exemplificar, podemos citar o caso de quando o Brasil usou a fosfoetanolamina, sem nenhuma evidência científica para tratar pacientes com câncer. Em estudos clínicos controlados, nenhum tipo de câncer respondeu ao tratamento.

Exemplo semelhante ocorreu com a Leuginase para tratar a leucemia linfoide aguda da criança. O medicamente tinha baixíssima biodisponibilidade em animais de experimentação, assim como, em crianças tratadas no Hospital das Clinicas de Porto Alegre. Em consequência ao uso deste medicamento sem eficácia desejada, estima-se que 80% das crianças com leucemia que receberam o medicamento Leuginase, tenham falecido da doença. As estimativas mostram ainda que de 70 a 80% das crianças com leucemia tratadas com a Leuginase recairão da doença, com grave risco de vida. O debate trará perguntas importantes, como: de quem é a responsabilidade por esse uso e qual o papel das universidades na questão.

Essa será uma grande oportunidade para os campineiros descobrirem quais as descobertas e desafio por trás das pesquisas científicas. O evento, que vai das 19 às 21h30, ainda terá as palestras “Políticas públicas baseadas em evidências” e “Só a ciência salva. Da vergonha”. Não é necessário fazer inscrição e o participante paga apenas o que consumir no estabelecimento. Os palestrantes participam de forma voluntária do evento.

Serviço – Palestra “Os perigos dos medicamentos desprovidos do Certificado de Eficácia e Segurança, fornecidos pelos Estudos Clínicos Científicos” – Dra. Silvia Brandalise

Data: 20 de maio (segunda-feira)

Horário: das 19 às 21h30

Local: Bar Lado B (, Av. Albino J. B. de Oliveira, 1240 – Barão Geraldo – Campinas)

Entrada: Sem cobrança de entrada, apenas será cobrado o que for consumido. Não há necessidade de inscrição.

Site: https://pintofscience.com.br/event/LDB-2005

Sobre o Pint of Science

Originalmente criado por pesquisadores em Londres, em 2012, o Pint of Science chegou ao Brasil em 2015, na cidade de São Carlos. Ao longo dos anos, se espalhou por outras cidades do país e neste ano serão 87 cidades envolvidas com diferentes temas entre os dias 20 e 22 de maio. Nos 24 países em que existe, os coordenadores e cientistas participantes do festival não recebem remuneração – a ideia é compartilhar e debater o conhecimento de forma voluntária – e os bares e restaurantes que cedem seu espaço não cobram entrada. O público paga apenas o que consumir. A organização do evento é em Campinas é da Unicamp, Numinalab e Labjor. 

Sobre o Centro Infantil Boldrini

Centro Infantil Boldrini − maior hospital especializado na América Latina, localizado em Campinas, que há 40 anos atua no cuidado a crianças e adolescentes com câncer e doenças do sangue. Atualmente, o Boldrini trata cerca de 10 mil pacientes de diversas cidades brasileiras e alguns de países da América Latina, a maioria (70%) pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Um dos centros mais avançados do país, o Boldrini reúne alta tecnologia em diagnóstico e tratamento clínico especializado, comparáveis ao Primeiro Mundo, disponibilidade de leitos e atendimento humanitário às crianças portadoras dessas doenças. www.boldrini.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.