ARTE

Palestras sobre acervo da Pinacoteca do CCLA

 

 

Dentro do programa “Cultura no Centro”, do projeto “Cultura Viva”, do Ministério da Cidadania, através da Secretaria Especial de Cultura e da Secretaria Municipal de Cultura, da Prefeitura de Campinas, o Centro de Ciências, Letras e Artes (rua Bernardino de Campos, 989, Centro, tel. 3231-2567) realiza duas palestras idealizadas com base no acervo da Pinacoteca da entidade, na segunda-feira, dia 09 de março, às 19h30, com entrada franca. A primeira delas focaliza o tema: Visões do moderno: pinturas do entresséculos XIX e XX no acervo do CCLA-Campinas, proferidas pelos doutorandos em História João Brancato e Fabriccio M. Novelli Duro. Brancato cursa o doutorando em História na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Ele é Mestre em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com a dissertação “Crítica de arte e modernidade no Rio de Janeiro: intertextualidade na imprensa carioca a partir de Adalberto Mattos (1888-1966)”. Bacharel e licenciado em História pela UFJF. Fabriccio Miguel Novelli Duro é doutorando em História na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Mestre em História da Arte pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), com a dissertação “Pedro Américo e a Exposição Geral de 1884: pintura histórica religiosa e orientalismo”. Bacharel em História da Arte pela UNIFESP.

Na sequência, a profa. Fanny Lopes aborda “A construção da imagem de compositor campineiro Carlos Gomes na Primeira República”. Fanny Lopes é historiadora da arte com graduação e mestrado em História pela UNICAMP. Ocupa também o cargo de Professora de História da Arte e Estética na Centro Universitário de Jaguariúna (UNIFAJ), tendo sido a  responsável pelo projeto de catalogação do acervo da Pinacoteca do Centro de Ciências, Letras e Artes de Campinas e atua, principalmente, em pesquisas sobre monumentos públicos, história da escultura, historiografia da arte brasileira e patrimônio cultural.