EVENTOS

Orquestra Sinfônica Arte Viva recebe Toquinho em concerto gratuito

Orquestra Sinfônica Arte Viva recebe Toquinho em concerto gratuito 

Sob a regência do maestro Amilson Godoy, a apresentação integra a Série Rede Sinfônica” 

crédito da foto: Julio Azevedo 


Dia 20 de julho, sábado, Toquinho será o convidado do maestro Amilson Godoy e sua Orquestra Sinfônica Arte Viva, em concerto gratuito e aberto ao público que acontece às 19h na Concha Acústica do Parque Taquaral, em Campinas/SP. O evento que integra a Série Rede Sinfônica é promovido pela REDE e conta com o apoio do Ministério da Cidadania e da Secretaria de Cultura de Prefeitura de Campinas. 

“Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso; “Asa Branca Assum Preto”, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira; um medley com canções da Legião Urbana; “Chega de Saudade”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes estão entre as músicas que fazem parte do repertório do concerto.

Criada pelo Maestro Amilson Godoy, a Orquestra Arte Viva tem como proposta levar a música erudita ao público de uma maneira diferente. “O que eu busquei foi trazer para a música popular essa riqueza sinfônica que acontece normalmente dentro da chamada música erudita”,explica o maestro. “Aquele rigor, aquela austeridade musical acontece no tratamento à música, mas não na convivência”, complementa, destacando a descontração desse tipo de espetáculo.

Para combinar o clássico com a MPB, a Orquestra Sinfônica Arte Viva já  realizou parcerias com grandes nomes como Gilberto Gil, Daniela Mercury, Milton Nascimento, Maria Rita, Arnaldo Antunes, Mariana Aydar, entre outros. Desta vez, é o músico Toquinho completa o repertório da Orquestra com seus sucessos.

Sobre a Orquestra Sinfônica Arte Viva

A Orquestra Sinfônica Arte Viva, criada em 1996 pelo Maestro Amilson Godoy, tem como objetivo dar um tratamento mais elaborado à música popular, com o intuito de formar um público mais exigente. “Quando falamos de uma Orquestra Sinfônica temos o hábito de relacionar esta manifestação musical à música clássica. “O requinte musical, com raras exceções, privilégio da música erudita, deve estar presente também na música popular”, define o maestro, resumindo o conceito pilar da criação de sua orquestra. A Arte Viva transita entre esses dois gêneros musicais e já se apresentou com os mais representativos músicos do Brasil e do exterior. Entre os quais: Arthur Moreira Lima, Yamandu Costa, Milton Nascimento, Ivan Lins, Zimbo Trio, Elba Ramalho, Dominguinhos, Maria Rita, Lulu Santos, Rita Lee, Skank, Jota Quest, Gilberto Gil, Gal Costa, Daniela Mercury, Zélia Duncan, Stanley Jordan, George Benson e John Pizzarelli.

Sobre o Maestro Amilson Godoy

Pianista, compositor, maestro, arranjador e professor Amilson Godoy atuou como solista, integrante de prestigiados grupos, e frente a diversas orquestras sinfônicas do país. Venceu vários concursos antes de receber o prêmio de melhor arranjador no 26º Festival Internacional da Canção de Viña Del Mar,  até então inédito para um brasileiro. Ganhou projeção com o grupo Bossa Jazz Trio, com o qual excursionou por diversos países das Américas e da Europa. Com Elis Regina, participou de várias turnês, além de seu lançamento na Europa no Festival Midem de Cannes e de sua primeira temporada no consagrado Teatro Olympia de Paris.

Posteriormente, à frente do Quinteto Amilson Godoy, buscou levar a música popular a diversas cidades brasileiras. Em 1981, criou o Grupo Medusa, um dos ícones da nossa música instrumental e excursionou tendo tocado em Paris, no principal festival de jazz dos franceses e no Town Hall, em Nova York. Amilson também tem grande atuação no campo da educação musical. Como coordenador da Escola de Música da Fundação das Artes de São Caetano do Sul (1970-80) criou o modelo de ensino que é seguido até hoje pelas escolas especializadas. Defendeu os interesses dos músicos à frente de entidades como a UBM e a ASSIM, conquistando os Direitos Conexos e o Direito do Arranjador. Foi, também, responsável pela direção musical de inúmeras peças, shows e programas de TV.

Sobre Toquinho

“Construir acordes e harmonias, fazer música e poesia” é a profissão de Toquinho, que sabe harmonizar também a vida no compasso do prazer, no contraponto entre a paixão e a amizade, a família e os amigos. Antonio Pecci Filho (Toquinho) nasceu em São Paulo, no bairro do Bom Retiro, em 6 de julho de 1946. Teve aulas com Paulinho Nogueira (primeiros e principais acordes), Isaías Sávio(violão erudito) e Léo Peracchi (orquestração). Gravou cerca de 82 discos, compôs mais de 450 músicas e fez cerca de 10 mil shows pelo Brasil e pelo exterior. Tem como principais parceiros Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Jorge Ben Jor, Paulinho da Viola,Francis Hime, Mutinho, Carlinhos Vergueiro, Gianfrancesco Guarnieri entre tantos outros.