ECONOMIA INTERNACIONAL

Fórum em Davos, ministro brasileiro diz que Brasil ‘Vai Dançar’ com China e EUA ao mesmo tempo

Posted by  on 25/05/2022

Chefe da economia do Brasil, ministro afirma que o país é visto como solução para as crises de energia e de alimentos que afetam o mundo, e que “passada” a pressão por uma posição brasileira favorável às sanções contra a Rússia, “agora ninguém mais está nos xingando”. Durante discurso no WEF-Fórum Econômico Mundial em Davos hoje (24) o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que agora está “todo mundo atrás do Brasil” e que, com a reviravolta na geopolítica mundial, o Brasil vai “dançar” com os Estados Unidos e a China ao mesmo tempo, segundo o Valor Econômico.

Fórum em Davos, ministro brasileiro diz que Brasil ‘Vai Dançar’ com China e EUA ao mesmo tempo

Fonte: Sputnik

Em conversa com jornalistas, Guedes afirmou que o Brasil sofreu pressões tanto dos EUA como da Europa para se posicionar diante da operação militar russa na Ucrânia, mas que agora “ninguém está nos xingando” e o Brasil é visto como uma solução para as crises globais de energia e de alimentos.

A forma como Brasília vai se posicionar, segundo o chefe da Economia do Brasil, é de ser “o cara que vai dar segurança alimentar e energética para a Europa [o tal “primeiro mundo”]. E aos EUA, que o Brasil está próximo e é amigo, não vão precisar ir para a China”.

Sobre o gigante asiático, Guedes disse que “os chineses e os norte-americanos tiveram uma sinergia que durou 30 anos, aí a China cresceu e eles começaram a brigar. Nós vamos dançar com os dois.

Para o ministro, “as pessoas não estão entendendo: o mundo mudou e a posição do Brasil melhorou. […] O Brasil perdeu 30 anos, não conectou [com as cadeias de valor globais]. A China saiu da miséria, a Tailândia, todos cresceram e o Brasil ficou pulando”.

Entretanto, com as crises da pandemia e a guerra na Ucrânia, outros países entraram em dificuldades, mas o Brasil não, em sua visão. E sendo assim, o país pode redesenhar suas cadeias produtivas com novos eixos, como em nichos de energia renovável e em semicondutores.


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMESPESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores”.  Mateus 24:6-8


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


“O indivíduo é deficiente mentalmente [os zumbis], por ficar cara a cara, com uma conspiração tão monstruosa, que nem acredita que ela exista. A mente americana [humana] simplesmente não se deu conta do mal que foi introduzido em seu meio. . . Ela rejeita até mesmo a suposição de que as [algumas] criaturas humanas possam adotar uma filosofia, que deve, em última instância, destruir tudo o que é bom, verdadeiro e decente”.  – Diretor do FBI J. Edgar Hoover, em 1956


Mais informação adicional: