quem vai a primeira vez à Italia,
TURISMO

Coliseu, Castelo de S. Angelo e, principalmente,Vaticano.

 É sempre a primeira cidade, seja para quem vai a primeira vez à Italia, seja para quem já foi inúmeras e quer sempre voltar.

 Quatro dias  na bela cidade  são o mínimo do seu roteiro . Para não perder tempo em filas a compra do Roma Pass é uma boa. Quem não deseja, lembre-se de comprar ingressos assim que chegar para visitar o Coliseu, Castelo de S. Angelo e, principalmente, o Vaticano.

 Se o tempo é curto, melhor escolher um hotel no centro da cidade. Há inumeras e muitos passeios poderão ser feitos a pé . No hotel peça um mapa, organize suas andanças pelos lugares que mais interessa, coloque um tênis cômodo, roupas leves, porque o calor é intenso, chapeu e viva a vida.

 Comece pelo Coliseu, um dos monumentos mais famosos do mundo , suntuoso símbolo do Império Romano, cuja construção  começou em 72.D.C. Foi palco de combate entre gladiadores, batalhas com animais e temas de tantos filmes já apreciados pelo mundo todo.

 Ninguém deixa de ver também a famosa Fontana de Trevi, sempre repleta de visitantes. É ali que todos jogam a moedinha na água para voltar, voltar e voltar…

 Hora do pranzo…Há dicas para todos os bolsos – fuja das indicações dos guias turísticos. E não se importe de escolher lugares bem simples. Muitas vezes  são êles que nos brindam com iguarias inesquecíveis.  Veja as incontáveis sugestões no centro de turismo ou na internet, analise bem e nunca errará. 

Hora do almoço é a melhor para ir ao Vaticano. Comprar ingressos antes via internet é fugir das filas imensas. A Basílica de São Pedro foi erguida neste menor estado independente do mundo – uma construção suntuosa cuja fama se tornou milenar – o maior templo da cristandade, fundado no ano 324 pelo imperador Constantino.Escolha roupas apropriadas , o que não quer dizer, terno e gravata ou vestidos de festa. Porém nada de shorts e camisetas muito cavadas. Afinal iremos entrar em um templo religioso que pede respeito e certa liturgia. As famosas pinturas da Capela Sistina vão lhe tirar o fôlego. Uma beleza tão intensa que comove que tem o privilégio de poder admirá-las.

 Às margens do rio Tibre – poucos passos do Vaticano uma encantadora visita ao suntuoso castelo de Santo Ângelo. No passado, serviu de tumulo para os restos mortais do imperador Adriano e sua fmaília.

 Ainda sobrará tempo para visitar as catacumas de São Calisto  – cemitérios subterrâneios formados por galerias e túneis  em quatro níveis. O local abriga os túmulos de 16 papas  e mártires e têm 20 metros de profundidade considerado um dos maiores e dos  mais importantes do mundo religioso. 

 Quem pode estar em Roma aos domingos, nao deixará de assistir a Santa Missa e ver o Papa saudando da sacada. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.