POLÍTICA

Ação rápida de Bolsonaro pega toda a grande mídia no contrapé e deixa “analistas” atordoados

LER NA ÁREA DO ASSINANTE

O fator “surpresa” foi decisivo.

Enquanto a mídia se debruçava sobre o pedido de demissão do chanceler Ernesto Araújo, o presidente Jair Bolsonaro agiu rápido e fez seis mudanças no seu ministério. Reorganizou a casa.

Nesta terça-feira (30), os “bem informados” analistas políticos acordaram atordoados e desandaram a falar bobagens e coisas completamente desconexas.