MODA

A NOVIDADE SÃO OS MÓVEIS ORGÂNICOS

Casa de Viver

Um dos novos queridinhos do mercado são os móveis orgânicos, aqueles cheios de curvas e formas arredondadas. São sofás, mesas de centro, mesas de jantar, bancadas, marcenaria (e a tendência aparece até mesmo na arquitetura).

Vemos a forma orgânica na arquitetura de interiores. Aqui, o arquiteto usou o recurso para criar a sanca de iluminação. Divulgação/ Gustavo Neves

Para quem não sabe, as formas orgânicas são aquelas presentes na natureza. O arquiteto Oscar Niemeyer é conhecido pelas curvas de seus projetos que exemplificam isso. Elas trazem leveza ao projeto e maior fluidez, não se sentindo amarrado e com sensação de continuidade.

Sofás

Sofás estão sendo muito usados curvos ou com inclinações. Apesar de ser mais difícil de deitar em um sofá assim, a vantagem é conseguir ter um sofá maior em um mesmo espaço que ocuparia um sofã de linhas retas.

Projeto com sofá curvo conversa com mesa de centro forma hexagonal. Divulgação/ NJ+

Mesas de jantar

A mesa de jantar pode fazer curvas de modo que facilitem o encaixe do número de pessoas que você deseja acomodar. Os tampos mais legais em mesas orgânicas são os de pedra ou madeira.

Mesa de jantar com formato amorfo em mármore. Divulgação/ Baxter

 

Mesas de centro ou laterais

Podem ser encaixadas no sofá e podem ser dos mais variados materiais, como o metal por exemplo. O bacana das mesas de centro é que você pode brincar com mais de um elemento, formando uma composição de mesinhas que formem um desenho que lhe agrade.

Composição de mesas orgânicas traz fluidez ao espaço. Divulgação/ DB Arquitetos.

Bancada

Bancadas de cozinha ou banheiro também podem ganhar o formato orgânico — nesses casos, geralmente, são feitas em pedra. Há maquinários atualmente que permitem fazer as mais diferenciadas formas na pedra.

Projeto mostra bancada como mesa. Veja a versatilidade e movimento que a peça traz. Divulgação/ TRiART Arquitetura.

Dica: Por mais que os elementos orgânicos venham ganhando espaço é legal mescla-los com formas geométricas também, assim, você cria um jogo de formas e enriquece o projeto. E aí? Já se acostumou com a ideia ou ainda se assusta? Comente.

fonte: casadeviver.blogsfera.uol.com.br